Maria de Lourdes Lourenço

Em memória de Maria de Lourdes Lourenço, uma mulher calma que trabalhou comigo desde a enfermaria de emergência quando usavamos o prédio da Santa Casa. Tinha uma filha pequena, hoje Débora Cristina Jeffrey, que se tornou exemplo e orgulho, pela dedicação com seu trabalho na educação. Sendo professora e formadora de tantos outros que como ela se empenham por levar conhecimento, Lurdinha se foi, mas deixou muita saudade. Para sempre em meu coração.

Zoraide Radaelli Paula – HC Unicamp